Arenque, um primo mais velho da sardinha, é um peixe pequeno com gordura  incorporada na carne muito comum no Atlântico Norte e no mar Báltico. É uma  fonte riquíssima de Omega 3. Pode ser consumido in natura, em conserva, fermentado, defumado…

arenque
arenque

Antes de defumar é necessário que o arenque passe por uma salmoura, e é neste ponto  que achei inúmeras versões e processos com variações gigantes quanto à quantidade de sal, de aromatizantes, de aditivos e quanto ao tempo  de imersão.

arenque na salmoura
arenque na salmoura

Os materiais mais confiáveis que achei foram:

===============================================================================

A partir destes materiais criei meu próprio processo e parece que está dando resultando, já fiz três vezes 🙂

Coloquei os arenques inteiros, tirei apenas a barrigada, em uma  salmoura na proporção de 150 gramas de sal, 75 gramas de açúcar, 2 gramas de sal de cura #1 por litro/kilo de peixe. Utilizei outros temperos a gosto como folhas de louro, alho e cravo.

  • De 3 a 4 horas na salmoura são suficientes.
  • Após a salmoura pendurei os peixes na geladeira por 24 horas para secarem e criarem uma película que é fundamental para uma boa defumação.
arenque na geladeira
arenque na geladeira
arenque na defumação
arenque na defumação
  • Como “combustível” usei restos de podas das árvores do quintal e também galhos de laranjeira e de amoreira.
  • Após tirar da defumação deixar pelo menos mais 24 horas na geladeira para ficar mais sequinho, se esperar 48 melhor 🙂

  • Depois pode ser embrulhado em papel manteiga ou selado a vácuo, sempre na geladeira.
  • Guten Appetit !