Os alimentos fermentados têm uma longa história em muitas culturas, e escritores da Roma Antiga já mencionavam a preservação de repolho, couves e nabos com sal. O mais provável, porém., é de que a tradição da fermentação do repolho, como a conhecemos hoje,  foi introduzida na Europa Oriental por volta do século 12 pelos mongóis, que trouxeram da China o Suan cai ( literalmente vegetal azedo ) com eles.

Na Coreia temos o kimchi,  um prato tradicional consumido diariamente feito com acelga fermentada e pimenta :

Kimchi (김치)  é um condimento típico da culinária da Coreia, produzido a partir da conserva de acelga, que é um tipo de repolho. O kimchi, principalmente, é muitas vezes considerado como a “base da alimentação” dos coreanos, podendo ser consumido nas três refeições diárias. Trata-se de preparações em que se colocam os vegetais em salmoura durante várias horas e, a seguir, se envolvem com uma pasta feita com farinha de arroz, açúcar e vários temperos; estas preparações podem ser consumidas de imediato, mas normalmente deixam-se a fermentar para servir de condimento a outros pratos. ( Fonte : Wikipedia )

Chucrute Oriental : Fermentado de acelga, cenoura e gengibre.
Chucrute Oriental : Fermentado de acelga, cenoura e gengibre.

Baseado livremente nestas histórias do outro lado do mundo e sem nenhuma pretensão de fazer o verdadeiro Kimchi, fizemos uma conserva de acelga, cenoura e gengibre a qual chamamos de “chucrute oriental”, mostrado nas fotos acima. Experimentamos frio como salada, foi um sucesso 🙂